Arquivo da tag: fazenda roseira

9ª Edição SOU ÁFRICA EM TODOS OS SENTIDOS 2017 CULTURA VIVA E PATRIMÔNIO CULTURAL Alinhando sonhos e semeando o futuro

cartaz atualizado

9ª Edição SOU ÁFRICA EM TODOS OS SENTIDOS 2017 CULTURA VIVA E PATRIMÔNIO CULTURAL Alinhando sonhos e semeando o futuro

Exposições fotográficas permanentes durante o Sou Africa:

Memórias Históricas do Hip Hop – Fred e Andrea Mendes

UBUNTU – Coletivo Carolinas

Projeto OXOSSE E OSSAIN – Neander Heringer – Virada Sustentável

13/11 – Segunda feira – CULTURA VIVA
13h30 às 17h – RODA DE CONVERSA com a presença das Casas de Cultura de Campinas – Redes e Políticas Culturais

19h – Apresentação Cultural – Gabi Giannetti
“Corpo-Cidade: usos, desvios, memória e poesia no Largo São Benedito”

14/11 – Terça – feira – MITOLOGIA AFRICANA 8h30 às 11h30 – Projeto Ossaim – Nossas Ervas que Curam – Lucas e Juliana 13h30 às 16h30 – Projeto Oke Aro – Cultura Indígena, Quilombola e Jongueira – Participação do Cacique Tadeu da Etnia Huni-Kuin

15/11 Quarta feira – RELIGIOSIDADE E SINCRETISMO 19h – INAUGURAÇÃO DO C.E.M.A. – Centro de Estudos de Matriz Africana Mãe Cambinda e Cabocla Jurema – Dia da Umbanda – Palestra: Sincretismo Religioso no Brasil com pai Joãozinho

16/11 Quinta- feira – UNIVERSIDADES LIVRES – sonhos, possibilidades ou realidades? 13h30 às 16h30 – COTAS e políticas educacionais. 19h – MATRIZ AFRICANA E BRANQUITUDE – uma questão de conceito contra a INTOLERÂNCIA RELIGIOSA. Com Pai Sidnei e Alessandra Ribeiro.

17/11 Sexta Feira – JONGO E SUA ARTICULAÇÃO NO SUDESTE BRASILEIRO 08h30 às 11h30 Roteiro Afro no CR e Vivência de Jongo 13h30 às 16h30 Filme Debate: 10º Encontro de Jongueiros e 10º Arraial afro Julino do Jongo Dito Ribeiro

18/11 – Sábado – JOVEM, FÉ E DIVERSIDADE 10h – Dia da Umbanda na Praça Bento Quirino – atrás da Catedral – Roda de Jongo 16h às 22h – Projeto Afrontamentos – pra dançar e se divertir

19/11 Escuta o Cheiro – Samba – SOUSAS – 12h às 17h

20/11 Segunda–feira – DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA 9h30 – Marcha Zumbi dos Palmares – Estação Cultura – Concentração- 15h30 às 17h – Roda de Jongo na Mãe Preta – Rua Conego Cipião, 772 20h Prêmio Zumbi dos Palmares – Câmara dos Vereadores de Campinas

21/11 Terça Feira –QUILOMBOS E QUILOMBOLAS 13h30 às 16h30 – Roteiro Afro e roda de conversa 22/11 Quarta feira FOTOGRAFIAS E MÍDIAS – COLETIVO CAROLINAS 13h30 às 16h30 – Roda de conversa sobre Mulheres e Fotografias/Mídias

23/11 Quinta-feira – CONFECÇÃO DE JOGOS E BRINCADEIRAS 8h30 às 11h30 – Brincadeiras da infância – parte I 13h30 às 16h30 – Brincadeiras da Infância – parte II

24/11 Sexta Feira – Projeto AFROHACKER – MULHER, CIÊNCIA E TECNOLOGIA no terreiro de galinha 10h às 14h – Roda de Conversa – mídias e acervos

25/11 Sábado – crianças NOSSOS OLHARES INFANTO-JUVENIL 10h às 12h – Oficina de fotografia para crianças 5 a 12 anos 13h30 às 16h30 – Oficina de Fotografia para jovens – 12 a 17 anos 15 VAGAS PARA CADA TURMA. É NECESSÁRIO INSCRIÇÃO ATÉ

20/11 pelo email: alejongo@gmail.com 17h – Documentário – CANDOMBE, COMPARSAS E MOCAMBOS – Com alceu Estevam – Roda de conversa

28/11 Terça Feira MANHÃ CULINÁRIA AFRO E SEUS MITOS 13h30 às 16h30 – Degustações e conversas

29/11 Quarta – feira – APROPRIAÇÃO CULTURAL – AFINAL O QUE É? 8h30 às 10h30 – Jogos e Brincadeiras 13h30 às 16h30 – Apropriação cultural – em pauta

30/11 quinta feira – JOGOS AFRICANOS, BRINCADEIRAS E CANTIGAS 8h30 às 11h30 – Mankala e cantigas 13h30 às 16h30 – Brincadeiras e Jogos

01/12 sexta-feira – PEÇA TEATRAL 19h – Quarto de Despejo com Carolina Maria de Jesus – PEÇA TEATRAL Com Euclides Franco

02/12 Sábado – DIA NACIONAL DO SAMBA 12h às 18h – Samba para Iara – e ação solidária BENEFICENTE Convites antecipados. Informe-se- email: alejongo@gmail.com

04/12 Segunda Feira – EPARREI OYA 8h30 às 15h – Oficina de Acarajé, contos e mitos

05/12 Terça Feira – JOVENS EM ATITUDES = JUVENTUDES 8h30 às 11h30 – Juventude Negra 13h30 às 16h30 – Políticas Atuais para Juventude /REAJU

06/12 quarta feira – MUSEOLOGIA SOCIAL E ACERVOS CULTURAIS EM CAMPINAS 14h às 17h – Roda de Conversa

07/12 quinta feira – MATRIZ AFRICANA – Uma Hipótese conceitual. 13h30 às 16h30 – Diálogos e possibilidades

08/12 Sexta Feira – Destaque do Axe – Casa de Cultura Tainã Pai Francisco. Nós Estaremos FECHADOS.

10/12 Domingo CASAMENTO AFRO COLETIVO – É necessário convite ANTECIPADO.

12/12 Terça-feira PERSONAGENS NEGROS DE CAMPINAS 13h30 às 16h30 – Roda de conversa e Sala de aula.

13/12 Quarta-feira OFICINA DE TURBANTES 13h30 às 16h30 – Tragam seus tecidos.

14/12 Quinta – feira – GÊNERO , SEXUALIDADE E TRADIÇÃO – 15 ANOS DA POLÍTICA DE BENS REGISTRADOS 13h30 às 16h30 – Avaliação estratégica do Jongo do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro nos Tambús e na Dança.

15/12 Sexta – Feira – Lançamento do Projeto: SALVAGUARDA JONGO DITO RIBEIRO EM CAMPINAS – SP 16h às 18h30 Apresentação do Projeto e suas possibilidades para a cidade de Campinas – SP. 19h30 Roda de Jongo e Fogueira. Tragam saias.

Temos disponibilidade para receber escolas e grupos. FAÇA SEU AGENDAMENTO. Cel: 19 99134 3922/ Email: alejongo@gmail.com

REALIZAÇÃO: Comunidade Jongo Dito Ribeiro Centro de Referencia Jongueiras e Jongueiros do Sudeste – Jongo Dito Ribeiro Casa de Cultura Fazenda Roseira COORDENAÇÃO GERAL E CURADORIA: Alessandra Ribeiro

Anúncios

Reinauguração do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro está no VIII Sou África nesta semana

E mais uma semana do VIII Sou África em Todos os Sentidos se inicia na Casa de Cultura Fazenda Roseira e a Comunidade Jongo Dito Ribeiro está nos últimos preparativos para a Reinauguração do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas/SP, no próxima dia 03 de Dezembro, a partir das 14h.

convite-cr

O Cento de Referência consiste em uma experiência concreta de ação de salvaguarda permanente no espaço do galpão, com acervos sobre as comunidades jongueiras, seus territórios e atuação e do Jongo do Sudeste como prática ancestral da cultura negra a partir dos olhares e percepções da Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas/sp. Estas ações foram possibilitadas por meio de um Edital do IPHAN em que a Comunidade, em parceria com o Ponto de Cultura NINA, foi contemplada com recurso para a execução das ações de Salvaguarda.

Vejam abaixo, as palavras de nossa Mestra Alessandra Ribeiro:

“Salve Famíliaaaaaaaaaaaaa CONVITE…CONVITE…CONVITE

Dia 03 de dezembro, às 14h esperamos TODAS E TODOS para mais uma vez agradecer pela PARCERIA, AMIZADE E CAMINHADA COMPARTILHADA.

Estaremos reinaugurando e LANÇANDO a REVISTA E DOCUMENTÁRIO do Centro de Referência JONGUEIRAS E JONGUEIROS DO SUDESTE COMUNIDADE JONGO DITO RIBEIRO CAMPINAS SP e o Centro de Documentação, Memória e Territórios “Edite Ribeiro Barboza”(in memorian).

Presenças confirmadas dos JONGUEIRAS DE : Guaratingueta (Quilombolas e Tamandaré), Piquete, São José dos Campos, Indaituba, Guaianazes, Cananéia, Embu das Artes, Lagoinha, São Luiz do Paraitinga, Cubatão, Taubaté.

Nossos parceiros do IPHAN -DPI, Secretaria do Estado de São Paulo, vários coletivos de CAMPINAS.

Contamos e aguardamos vocês.
Bora Jongar…

“É na roda de jongo que o MUNDO gira””

ale_convida_cr

Um dos trabalhos do Centro de Referência foi a realização de uma Caravana, a qual visitou todas as Comunidades de Jongo do estado de São Paulo, incluindo a CIMG_0364omunidade de Lagoinha e as memórias de Jongo de São Luiz do Paraitinga. Estas visitas foram registradas por meio de fotos, vídeos e textos, os quais comporão um video documentário e uma Revista que serão lançados também no dia da Reinauguração do Centro de Referência.

As jongueiras e jongueiros de Dito Ribeiro vem se preparando desde o mês de Agosto para esta atividade. Tanto o Casarão como o Galpão onde está1455074_1883885105171518_6303518253538817943_n o Centro de Referência foram reformados com recursos captados pela própria Comunidade em apresentações externas ou premiações como a da Categoria Territórios Culturais pelo Prêmio Governador do Estado de São Paulo no início deste ano de 2016.

Representantes das Comunidade Jongueiras do estado de São Paulo, Guaratinguetá, São José dos Campos, Piquete, Indaiatuba, Embú das Artes, Lagoinha, São Luiz do Paraitinga, Guaianazes, Cananéia, Cubatão, Taubaté estarão prestigiando o evento, assim como representantes do IPHAN-SP e do Poder Público Municipal de Campinas.

A programação será permeada por algumas mesas de apresentaçãosamba_de_lua_03dez16 do Projeto, Lançamento da Revista e Documentário do CR, apresentação de outros Projetos que envolvem documentação e acervo da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, coquetel, roda de jongo e termina com o último Samba de Luá do ano.

Abaixo mais detalhes da programação do Dia 03 de Dezembro…

14h Mesa dos Parceiros: IPHAN, DPI, DAF, Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, Prefeitura Municipal de Campinas, Ponto de Cultura NINA e Comunidade Jongo Dito Ribeiro

15h Avanços e Desafios: Centro de Referência Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas SP

16h Lançamento da Revista, Documentários e Site Centro de Referência Jongueiros do sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas SP.

16h30 Inauguração do Centro de Documentação “Edite Ribeiro Barbosa” (in memorian)

17h Apresentação do Projeto Cartografia Social Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas SP – parceria com a profa. Dra. Vera Lúcia – PUC Campinas

18h Coquetel de Encerramento e Roda de Jongo.

23h30 Comemoração do Dia do Samba – Samba de Luá – Último do Ano

Quer saber mais sobre o Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas/SP é só acessar http://crjongoditoribeiro.org.br/

Até lá.

AXÉ!!

Veja a programação do VIII Sou África nesta semana

E a programação do VIII Sou África não pára!!!

Para esta semana teremos:

viii_sou_africa_21nov26

21 de Novembro (Segunda-feira)

16h Inauguração do centro de Capacitação e Qualificação Profissional Grife Criolê

Rua João, 27, Jardim Adelaide, Hortolândia-SP
Informações: 193809-3470/98440-1993
Ponto de Cultura Caminhos

22 de Novembro (Terça-feira)

09h Roteiro Afro

19h Legislação Municipal para a área da Cultura e sua Integração com outras Políticas Públicas – Plenarinho da Câmara Municipal de Campinas

23 de Novembro (Quarta-feira)

14h – Oficina de Teatro do Oprimido, com a Coringa Luanda Sant’Ana

24 de Novembro (Quinta-feira)

10h30 Gestão Compartilhada e Preservação do espaço

Coord. Jacinta, Ma. Alice e Alessandra

14h Roteiro Afro – Escola agendada.

25 de Novembro (Sexta-feira)

10h30 – Culinária Afro: cardápios, sabores e alternativas (avaliação e sistematização) Coord. Maria Alice, Noélia e Alessandra

15h Oficina de Turbantes e sustentabilidade Coord. Dandewara, Noélia e Cristiane (avaliação e sistematização)

26 de Novembro (Sábado)

10h Roteiro Afro e Pisa na Tradição – Escola agendada.

15h Palestra: Kedé Iptan – Roda de Tradição Oral (Mitologia Africana) – Pai Okun Olola

27 de Novembro (Domingo)

10h – 17h Mulheres e Tambores – Mestre Carla Careira do Tambor de Crioula de São Luís do Maranhão.

É necessário se inscrever e adquirir convites para participar. Informações: alejongo@gmail.com . Vagas limitadas.

AXÉ!!

Nesta Semana acontece…

Salve Salve Comunidade…

A programação do VIII Sou África em Todos os Sentidos segue intensa na Casa de Cultura Fazenda Roseira. Lembrando que este ano as atividades serão de compartilhamento, avaliação e sistematização dos Projetos realizados pela Comunidade Jongo Dito Ribeiro na Casa de Cultura Fazenda Roseira.

Então se quiser saber mais sobre estas ações então veja a programação desta semana e apareça em nossa casa.

Veja a programação completa em: https://comunidadejongoditoribeiro.wordpress.com/2016/11/04/viii-sou-africa-em-todos-os-sentidos/

AXÉ

viii_sou_africa_08nov13

VIII Sou África em Todos os Sentidos

O Sou África em Todos os Sentidos é o período em que a Comunidade Jongo Dito Ribeiro, evidencia suas parcerias e suas relações, como o comprometimento com o fomento da Lei 10639/03, que torna obrigatório o ensino da Cultura Afro e a história dos africanos e Povo Negro. Exposição, debates, exibição de filmes e trocas de saberes entre público geral, acadêmicos e estudantes, sobre a presença negra acontecem em todo o mês de Novembro.

viii_sou_africa_2016_capa

Esta é a 8ª edição que acontecerá no período de 05 de Novembro a 11 de Dezembro de 2016 e tem como foco o compartilhamento do andamento e resultados dos Projetos desenvolvidos na Casa de Cultura Fazenda Roseira. Tais projetos perpassam pela educação para as relações étnico-raciais e educação patrimonial, fortalecendo ações de preservação da Memória, organização de Acervo, preservação do Meio Ambiente, Tecnologia, debates e empoderamento da Juventude e da Mulher Negra,

E de encontro a este momento as jongueiras e jongueiros de Dito Ribeiro comemoram 02 anos do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas-SP e ainda lançam uma revista com o registro das visitas realizadas nas Comunidades Jongueiras do estado de São Paulo, um dos trabalhos desenvolvidos via Centro de Referência.

O quê: VIII Sou África em Todos os Sentidos

Quando: de 05 de Novembro a 11 de Dezembro de 2016

Local: Casa de Cultura Fazenda Roseira (Rua Domingos Haddad, s/nº, Residencial Parque da Fazenda, Campinas-SP)

Mais informações: 19 99134-3922/ 98106-7238

E-mail: comunidadejongoditoribeiro@gmail.com/ alejongo@gmail.com

Vejam abaixo detalhes da Programação:

05 de Novembro (Sábado) – ABERTURA DO SOU ÁFRICA – Festival de Turismo – SESC Jundiaí – Mulheres no Mapaviii_sou_africa_2016_pag2

É necessário se inscrever para participar. Informações: alejongo@gmail.com

Vagas limitadas.

09h Roteiro Afro na Roseira:

10h CR e Roda de Jongo

12h Almoço AFRO Cultural11

14h Oficina de Percussão, Mankala e Turbantes

15h30 Roda de Encerramento

06 de Novembro (Domingo) – Turismo Social SESC Campinas

É necessário se inscrever para participar. Informações: alejongo@gmail.com

Vagas limitadas.

13h Roteiro AFRO na Casa de Cultura Fazenda Roseira

14h Oficina de Turbantes

15h CR e Roda de Jongo

16h30 Lanche Afro Cultural

17h Roda de Encerramento

08 de Novembro (Terça-feira)

10h30 Intervenção Ambiental: Projeto Oxósse e Ossanhe (prática)

14h Projeto Oke Aro: Preservação ambiental na Casa de Cultura Fazenda Roseira (avaliação e sistematização do ano 2016)

Coord. Lucas César e toda equipe do projeto

19h Projeto Parque Zumbi dos Palmares – Estratégias e Implementação

Convidados: CONDEMA, Gab. Carlão, Secretaria do Verde, etc

09 de Novembro (Quarta-feira)

15h Projeto de Educação Patrimonial: desafios e perspectivas (avaliação e sistematização das ações) Coord. Luanda e Noélia

10 de Novembro (Quinta-feira)

14h Projeto Percussão : toque, jongo e tambores

Coord. Bianca Lúcia e Felipe (avaliação e sistematização do ano 2016)

11 de Novembro (Sexta-feira)

10h30 Projeto Juventude (avaliação e sistematização) Coord. Vanessa Dias

12 de Novembro (Sábado) –

Dia da Umbanda na Praça Rui Barbosa – atrás da Catedral

Pisa na Tradição NA PRAÇA às 9h30

14h A Criança no jongo – Oficina de Jogos Africanos

Coord. Bianca, Lucas e Flávia Tamires (avaliação e sistematização)

15h30 Fechamento do Material do Fascículo Cartografia Social Comunidade Jongo Dito Ribeiro – PUC Campinas

13 de Novembro (Domingo)

Educação Étnico Racial: alternativas e parcerias

14h O território como espaço de educação: Personagens Negros e Roteiro afro Campineiro Coord. Alessandra Ribeiro (avaliação, possibilidades e sistematização)

16h Cultura e sexualidade

Coord. Lúcia Castro (avaliação, possibilidades e sistematização)

15 de Novembro (Terça-feira) – Se Joga na Roseira – SAMBA com feijoada

12h às 18h Projeto Samba Se Joga

16 de Novembro (Quarta-feira)

10h Círculo Sagrado das Mulheres (avaliação e sistematização) Coord. Juliana Ribeiro

11h30 Oficina de Costura: cultura e sustentabilidade (avaliação e sistematização) Coord. Ana Nery

15h Oficina de Turbantes (avaliação e sistematização) Coor. Dandewara, Noélia e Cristiane

19h Reunião da Marcha Zumbi no Aos Brados – Rua Culto à Ciência n. 56 – Centro

17 de Novembro (Quinta-feira)

9h30 Oficina de Turbantes

15h Lançamento do Livro da Coringa Bárbara Santos (Presença do Coringa Alessandro Conceição)

16h30  Apresentação do Projeto Teatro do Oprimido na Fazenda Roseira e suas Perspetivas

17h Apresentação dos Grupos de Teatro do Oprimido da Casa de Cultura Fazenda Roseira e entrega de certificados

18h Apresentação do Processo Quarto de Despejo (Atrizes Luanda Sant’Ana e Flávia Machado, Direção: Cíntia Birock)

19h Comemoração do Dia da Umbanda no Plenarinho – Câmara dos Vereadores

18 de Novembro (Sexta-feira)

10h Organização do Centro de Documentação “Edite Ribeiro Barbosa” – Preparação para a inauguração

14h Exibição de Vídeos:
– Baile Para Matar Saudades
– Raízes da Roseira
– Casa de Cultura Tainã – 25 anos

19 de Novembro (Sábado)

10h Palestra com o africano Mamatu do Reino do Mali – Histórias e realidades (Sundjata: Epopéia Mandinga)

13h Almoço na Estação Cultura

15h Roda de Jongo no II Festival de Culinária Afro Brasileira – Projeto Saberes e Sabores

20 de Novembro (Domingo)

09h Marcha Zumbi dos Palmares – Concentração

Estação Cultura

16h Roda da Mãe Preta – em frente a Igreja São Benedito – Rua Cônego Cipião.

19h30 Prêmio Zumbi dos Palmares – Câmara dos Vereadores (Homenageados Luanda Sant´Ana, Pai Joãozinho)

21 de Novembro (Segunda-feira)

16h Inauguração do centro de Capacitação e Qualificação Profissional Grife Criolê

Rua João, 27, Jardim Adelaide, Hortolândia-SP
Informações: 193809-3470/98440-1993
Ponto de Cultura Caminhos

22 de Novembro (Terça-feira)

Roteiro Afro – Escola agendada.

19h Legislação Municipal para a área da Cultura e sua Integração com outras Políticas Públicas – Plenarinho

da Câmara Municipal de Campinas

23 de Novembro (Quarta-feira)

14h – Oficina de Teatro do Oprimido, Presença da Rede de Juventude

Mostra de Teatro

24 de Novembro (Quinta-feira)

10h30 Gestão Compartilhada e Preservação do espaço

Coord. Jacinta, Ma. Alice e Alessandra

14h Roteiro Afro – Escola agendada.

viii_sou_africa_2016_pag325 de Novembro (Sexta-feira)

10h30 – Culinária Afro: cardápios, sabores e alternativas (avaliação e sistematização)

Coord. Maria Alice, Noélia e Alessandra

15h Oficina de Turbantes e sustentabilidade

Coord. Dandewara, Noélia e Cristiane (avaliação e sistematização)

26 de Novembro (Sábado)

10h Roteiro Afro e Pisa na Tradição – Escola agendada.

15h Palestra: Kedé Iptan – Roda de Tradição Oral (Mitologia Africana) – Pai Okun Olola

27 de Novembro (Domingo)

10h – 17h Mulheres e Tambores – Mestre Carla Careira do Tambor de Crioula de São Luís do Maranhão.

É necessário se inscrever e adquirir convites para participar. Informações: alejongo@gmail.com . Vagas limitadas.

29 de Novembro (Terça-feira)

10h Panorama sobre Juventude no município de Campinas – Guia da Juventude

14h Juventude Negra: Desafios e Avanços

19h Juventude de Terreiro – Política e intolerância religiosa – Palestra de Saulo Inácio da Silva

30 de Novembro (Quarta-feira)

10h Oficina de Grafite – Temática Identidade da Mulher Negra Jovem

14h CineMirongas

19h Círculo Sagrado de Mulheres – O poder das plantas

01 de Dezembro (Quinta-feira)

14h Oficina Lab Afrohacker (Coord. Flávia Machado)

19h -Reunião Saravaxé – ARMAC – Planejamento e confraternização.

02 de Dezembro (Sexta-feira) – Dia do Samba

10h30 Comunidade Jongo Dito Ribeiro: trajetórias, memórias e Perspectivas

14h Centro de Referência Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro: projeto, execução e pesquisa

16h Dia do Samba – O Samba em arquivo: Lembranças e registros do Samba pra São Jorge, Samba de Luá, Se Joga (avaliação e sistematização)

03 de Dezembro (Sábado) – REINAUGURAÇÃO CR E LANÇAMENTO DA REVISTA DO CR

É necessário se inscrever para participar. Informações: alejongo@gmail.com

Vagas limitadas.

14h Mesa dos Parceiros: IPHAN, DPI, DAF, Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, Prefeitura Municipal de Campinas, Ponto de Cultura NINA e Comunidade Jongo Dito Ribeiro

15h Avanços e Desafios: Centro de Referência Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas SP

16h Lançamento da Revista, Documentários e Site Centro de Referência Jongueiros do sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas SP.

16h30 Inauguração do Centro de Documentação “Edite Ribeiro Barbosa” (in memorian)

17h Apresentação do Projeto Cartografia Social Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas SP – parceria com a profa. Dra. Vera Lúcia – PUC Campinas

18h Coquetel de Encerramento e Roda de Jongo.

23h30 Comemoração do Dia do Samba – Samba de Luá – Último do Ano

04 de Dezembro (Domingo)

Bens Registrados- Desafios da Educação Patrimonial

14h Oficina de Acarajé – para crianças

14h Oficina de Berimbau – Capoeira

14h Oficina de Jongo – toques e pontos

16h Lançamento do Livro – No compasso da Vida – Maurício Martins

Coral AFRO de Laranjal Paulista SP

06 de dezembro (Terça feira)

10h Cosmovisão dos povos do tronco linguístico Banto e sua relação com a tecnologia.

Coord. Lucas César.

14h Quilombo construção de identidade e agricultura quilombola. Coord. Maíra da Silva

19h Assistência Social e as Matrizes Africanas – à confirmar

07 de dezembro (Quarta-feira)

10h Racismo ambiental e impactos urbanos – Coord. Lucas César e Maíra Silva

14h Avaliação das parcerias (2014-2016) e novas estratégias (2017-2018) Coord. Alessandra Ribeiro

08 de dezembro – NÃO ABRIREMOS nesse dia.

20h Evento do Pai Francisco na Casa de Cultura Tainã

09 de dezembro Jantar (Sexta-feira)

10h Estratégias para divulgação e acesso ao acervo do CR e Centro de Documentação Coord. Alessandra Ribeiro

18h Elesbão – TEATRO NA RUA – Praça Bento Quirino

20h Jantar Dançante ARMAC – à confirmar

10 de dezembro – (Sábado)

10h Pisa na Tradição – Preparação do Casamento Afro

18h Elesbão – TEATRO NA RUA – Praça Bento Quirino

11 de dezembro Casamento AFRO (Domingo)

É necessário se inscrever e adquirir convites para participar. Informações: alejongo@gmail.com

Vagas limitadas.

Nos vemos lá!

AXÉ

10ª FEIJOADA DAS MARIAS DO JONGO acontece no dia 22 de Março e Chama Coletiva de Imprensa para Lançamento de Livro e avaliação pública de sua caminhada

Em março, as Marias da Comunidade Jongo Dito Ribeiro fazem aniversário e para comemorar fazem uma grande festa onde tod@s podem apreciar uma deliciosa feijoada preparada pelas mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, acompanhada pela boa música, vários amigos e parceiros de Campinas e região.

Neste ano de 2015, a prática e o ritual tendo as mulheres como protagonistas no preparo da Feijoada das Marias estará no seu décimo ano e convoca uma Coletiva de Imprensa para avaliar essa caminhada e fortalecer a importância da história da Comunidade Jongo Dito Ribeiro. No dia desta importante data, teremos também o lançamento do Livro: “Duas Marias e Uma Edite”, livro que conta a história da feijoada e outras histórias de nossa comunidade.

JongoDitoRIbeiro

Feijoada das Marias do Jongo

As mulheres têm destacada importância na cultura afro-brasileira, inclusive para cuidar da tradição e dos segredos, assim com transmiti-los às novas gerações. E dentro da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, as mulheres  ocupam diversas funções de importância e reconhecimento dos demais.
Nessa perspectiva, desde 2005, iniciamos a Feijoada da Marias do Jongo que consiste, num encontro em homenagem as mulheres, onde todos podem apreciar uma deliciosa feijoada preparada pelas mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, acompanhada pela boa música, vários amigos e parceiros de Campinas e região.
Todo recurso arrecadado neste evento Beneficente, é direcionado para ações sociais da comunidade e para manutenção de projetos culturais na Casa de Cultura Fazenda Roseira, sob gestão compartilhada da Associação do Jongo Dito Ribeiro e secretaria Municipal de Cultura, que esta localizada no Residencial Parque da Fazenda, na periferia da região noroeste de Campinas, onde a Comunidade Jongo Dito Ribeiro firma-se nas tradições e rituais aprendidos pelos ensinamentos dos jongueiros velhos e pela família Dito Ribeiro e ainda transita em outros universos culturais.
 A vivência da cultura do jongo, especialmente por crianças e adolescentes, é uma forma de alimentar e fortalecer o ciclo da cultura desta dança e da cultura negra em sua mais ampla diversidade em que participam velhos e crianças. Se antes as crianças aprendiam a cultura do jongo com certa distância, por serem proibidas de entrar na roda encantada do jongo, hoje podem aprender de perto esta cultura como forma de valorizar a cultura afro-brasileira e os laços comunitários para a constituição de sua identidade.
O Jongo
O jongo é composto por elementos de dança, batuque e canto. Suas matrizes vieram da região africana de Congo-Angola para o Brasil Colônia pelos negros de origem Banto que foram levados como escravos para o trabalho forçado nas fazendas de café do Vale do Paraíba e interior dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.
 Se antes o jongo era uma das poucas possibilidades de diversão e manifestação religiosa dos negros escravizados, hoje, como precurssor do samba, é manifestação afro-brasileira de resistência da reconhecida contribuição para a cultura brasileira.
Uma das formas de reconhecimento da importância do jongo como forma de expressão para a formação da identidade cultural brasileira foi o registro como patrimônio histórico do Brasil. Em 2005, as comunidades tradicionais que vivenciam a cultura do jongo nos dias de hoje estão organizadas na Rede de Memória Jongo Caxambu e receberam este registro do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Brasil (IPHAN).

Acompanhe nossos trabalhos pelos blogs:

https://comunidadejongoditoribeiro.wordpress.com/

http://www.fazendaroseira.blogspot.com.br/

http://jongocaxambu.org.br/

Serviço:

O que: 10ª Feijoada das Marias do JongoQuando: 22 de Março de 2015

Onde: Casa de Cultura Fazenda Roseira – Ponto de Cultura Comunidade Jongo Dito Ribeiro

Endereço: Rua Domingos Haddad, S/n – Em Frente a Puc II – Dentro do Residencial Parque da Fazenda – Na Antiga Sede Da Fazenda RoseiraHorário do Almoço: 12h30 as 15h30.

Atividades Culturais:

DJ BARATA
ILCEI MIRIAM
ROBERTA OLIVEIRA
AURELUCE SANTOS
VALÉRIA SANTOS
COMUNIDADE JONGO DITO RIBEIRO

Feijoada Beneficente:

ANTECIPADO: R$ 25,00 (Até 14 de Março)
NA PORTA: R$ 50,00.

Contato e Mais Informações:

(19) 3227 5633
(19) 99134 3922
(19) 98106 7238
Email: alejongo@gmail.com

Fazenda Roseira Segura

Segurança para Casa de Cultura Fazenda Roseira

fazendaroseirasegura

Estamos precisando de sua ajuda e apoio para mais uma ação coletiva aqui na CASA DE CULTURA FAZENDA ROSEIRA.

Na semana de 19/01 e 22/01 sofremos alguns incidentes dos quais ainda estamos tentando nos recuperar pelas perdas de importantes equipamentos e materiais de uso permanente, que foram levados devido aos dois (02) furtos realizados.

Desde o dia 23/01 estamos aqui em escalas diárias e noturnas, aguardando a implantação de maior segurança, cercamento, iluminação na rua do entorno do casarão e corte do mato na área interna deste que é um equipamento público da Secretaria Municipal de Cultura com gestão compartilhada junto a Associação do Jongo Dito Ribeiro.

A Secretaria de Cultura, que é nossa parceira e responsável pelo espaço, têm se empenhado nas ações, entretanto, somente com o apoio de TODOS os nossos PARCEIROS, AMIGOS E COMPANHEIROS conseguiremos preservar esse importante espaço de Cultura Afro, Educação, Patrimônio Cultural  e Ancestralidade de nossa cidade enquanto aguardamos a efetivação dessas ações que, enquanto não ocorrem, prejudicam enormemente os trabalhos dos coletivos que atuam neste espaços.

mesmo com as fragilidades, estamos mantendo TODAS as nossas ações interruptamente.

Contamos com VOCÊS.

Venha nos ajudar participando de nossa escala diária e/ou noturna de carnaval e pós.

É necessário enviar o seu contato com fone, data e horário disponível para:

fazendaroseira@gmail.com

 

Eu seguro sua mão na minha, para que juntos possamos fazer, aquilo que nós não podemos fazer sozinhos (as)”.