O Jongo

Jongo – mantendo a chama viva

Considerado um dos precursores do samba, o jongo é composto por elementos de dança, canto e percussão de tambores. No passado, foi uma das poucas possibilidades de lazer e resistência à dominação colonial dos trabalhadores negros escravizados nas lavouras de café e cana de açucar. Com a transmissão dos saberes entre gerações, o jongo hoje está nas periferias urbanas e em algumas comunidades rurais do sudeste brasileiro, e continua com seu papel de mobilização social e de alegria, assumindo uma postura política e articuladora de grande importância para os guardiões dessa tradição e para seus novos interlocutores. Em 2005, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) reconheceu o Jongo do Sudeste como patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial.

 

Uma opinião sobre “O Jongo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: